A Última Moda em Paris: Comprar Frutas e Vegetais Feios e Deformados!

Publicado em 17/02/2015

Alguma coisa em torno de 1,3 bilhões de toneladas de alimentos são jogados no lixo todos os anos ao redor do mundo. No Brasil 20% deste desperdício começa na colheita, mais tarde, na nossa casa, mais 20% vai para o lixo, no resto do mundo não é diferente e parte desta culpa é nossa.

Há uma discussão gigante acontecendo sobre como nós consumidores ajudamos com o desperdício quando valorizamos o aspecto cosmético de frutas, legumes e vegetais, se estão bonitos, lustrosos e ainda, aqueles mais mal educados, fazem o favor de enfiar a unha pra ter certeza de que esta maduro. Quando o produto não tem aquele aspecto exato, se é feio, se estiver sujo, enrugado ou deformado, ele não serve para o consumo. Errado! Serve sim!

Porque nós consumidores selecionamos os ”melhores” produtos e rejeitamos aquela cenourinha suja de duas pernas, o varejo acaba o rejeitando também, em consequência o produtor acaba nem o colhendo e só aí podemos somar mais 20% de desperdício de alimentos que nem chegam a ser colhidos.

Publicidade

Mas parece que isso vai começar a mudar na Europa, onde já estão sendo feitas campanhas públicas para que a população consuma alimentos imperfeitos, mostrando que estes têm o mesmo valor nutricional. O mercado orienta o consumo das pessoas e vice versa, portanto, bastaria uma mudança de comportamento do consumidor para haver mudanças no mercado.

Uma rede de supermercado francês teve uma idéia genial e bem humorada para ajudar a combater o desperdício e que poderia muito bem ser feita aqui no nosso país. A campanha do Intermarché é para educar o consumidor a ver a beleza interior de frutas e legumes com cicatrizes e desfigurados. A mensagem é; porque jogar fora bons produtos só porque ele não cumpre critérios de beleza arbitrários, especialmente quando tantas famílias não têm dinheiro para comer as cinco porções diárias de frutas e vegetais recomendada pelos nutricionistas.

“A cada ano, jogamos mais de 300 milhões de toneladas de frutas e legumes no lixo em todo o mundo. Por quê? Principalmente por causa do seu aspecto (57%) . Como a União Européia fez de 2014 o ano europeu contra o desperdício de alimentos, a Intermarché, que é a 3º maior cadeia de supermercados na França, decidiu tentar mudar a percepções de seus clientes para incentivar a melhora do comportamento das pessoas em relação as frutas e legumes imperfeitos. Como? Ao mostrar -lhes que embora tenham uma aparência feia, eles são tão bons quanto quaisquer outros.”

“A Intermarché tem feito todos os esforços para celebrar os “frutos e vegetais inglórios” da maneira como eles merecem ser comemorados . Eles têm a sua própria campanha impressa e audio visual, seu próprio poster local e campanha de rádio , a sua própria marca na loja, o seu próprio corredor na loja, a sua própria rotulagem, e os seu próprio lugar no recibo de venda. Finalmente, para as pessoas perceberem que eles são tão bons quanto os outros, a Intermarché criou e distribuiu sopas e sucos de frutas inglórios em suas lojas.”

Para isso os preços são mais em conta, você pode comer cinco frutas e vegetais inglórios por dia por 30% mais barato, como diz o vídeo da campanha chamando atenção para as virtudes da maçã grotesca, da batata ridícula, da laranja medonha, a berinjela desfigurada, a cenoura feia e a tangerina infeliz.

Aqui está uma versão em Inglês do vídeo :

Summary
Article Name
A Última Moda em Paris: Comprar Frutas e Vegetais Feios e Deformados!
Description
Todos os anos 300 milhões de toneladas de frutas de vegetais são jogados em todo mundo. Mas graças a uma campanha de uma rede de supermercado francesa, parece que esse número pode começar a mudar.
Author

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *